Scroll Top

Sobre o Bolsa Família

Aprenda como fazer o recadastramento do bolsa família 2019

Quem já recebe o auxílio do Bolsa Família em 2018, não pode ficar de braços cruzados. Todos os meses o Ministério do Desenvolvimento Social – MDS seleciona de forma automática novas famílias para receber o benefício e as famílias que já estão recebendo podem ficar de fora, caso não façam o recadastramento do Bolsa Família 2019.

O recadastramento é necessário para manter os benefícios do Programa. Se você deseja manter o recebimento dos recursos que recebe do Bolsa Família, leia o artigo até o final com muita atenção. É importante levar toda a documentação correta para que não haja erros durante o processo e você não corra o risco de ser eliminado da lista de famílias selecionadas. Se quiser conferir a lista, clique no link ao final do artigo.

Conheça mais sobre o Programa Bolsa Família, que já atende mais de 14 milhões de famílias em todo o País.

O Programa Bolsa Família, do Governo Federal, é de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social – MDS e visa melhorar a vida de milhões de brasileiros que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza, reduzindo as desigualdades e garantindo direitos sociais básicos elencados pela Constituição federal.

Os objetivos do Bolsa Família são combater a pobreza e a fome, promovendo a segurança nutricional e alimentar, além de outras privações das famílias mais humildes do País. Além disso, o Programa também visa promover o acesso a serviços públicos como saúde, assistência social, educação, enfim, serviços públicos em geral.

Se você ainda não sabe quando vai ser a data do pagamento do seu benefício, você precisar consultar neste link o calendário do Bolsa Família. Lembre-se que para consultar a data correta no calendário você precisa do seu número do NIS, ele está no cartão do Bolsa Família ou no cartão cidadão. Caso tenha dificuldade para encontrar veja nosso artigo que explica tudo sobre o número do NIS.

Veja quais são os requisitos para recadastramento do Bolsa Família 2019 e vá o quanto antes atualizar os seus dados para não perder o benefício.

Recadastramento do Bolsa Família 2019

Recadastramento do Bolsa Família 2019

Os requisitos para fazer o recadastramento do Programa são os mesmos do primeiro cadastro. Caso você não se lembre e não saiba se ainda tem direito, reveja os requisitos:

  • Renda mensal de até R$ 177,00 por pessoa da família;
  • Inclusão da família, pela prefeitura, no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal;
  • Manter em dia o cartão de vacinação das crianças de 0 a 7 anos;
  • Acompanhamento da saúde de mulheres na faixa de 14 a 44 anos;
  • Garantir frequência mínima de 85% na escola, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e de 75%, para adolescentes de 16 e 17 anos;
  • Seleção pelo Ministério do Desenvolvimento Social;
  • No caso de existência de gestantes, o comparecimento às consultas de pré-natal, conforme calendário preconizado pelo Ministério da Saúde (MS);
  • Participação em atividades educativas ofertadas pelo MS sobre aleitamento materno e alimentação saudável, no caso de inclusão de nutrizes (mães que amamentam).

Confira os documentos necessários na hora de fazer o recadastramento do Programa Bolsa Família para o próximo ano.

Documentos recadastramento do Bolsa Família 2019

Documentos necessários para o recadastramento do Bolsa Família 2019

As regras do Programa são suficientemente rígidas a fim de assegurar que o benefício seja pago a quem realmente precisa. Para fazer o cadastramento ou recadastramento, o titular deve ter, no mínimo 16 anos de idade e todas as pessoas que residem no mesmo endereço devem estar citadas como sendo da mesma família.

São documentos obrigatórios para fazer o recadastramento:

  • Cartão do Bolsa Família;
  • Cadastro de Pessoa Física – CPF;
  • Título de eleitor regularizado;
  • Documentação de identificação (RG, CNH, Carteira de Trabalho – CTPS, etc);
  • Comprovante de matrícula escolar para jovens de 0 a 17 anos;
  • Comprovante de residência recente (3 meses);

Pode ocorrer duas situações de necessidade de recadastramento: Revisão Cadastral ou Averiguação. A revisão ocorre quando os dados cadastrados são incompatíveis com os dados reais. Já a averiguação é um procedimento padrão, necessário a atualização para ajudar o sistema do Ministério do Desenvolvimento Social a selecionar as famílias participantes corretamente.

Por via das dúvidas, mantenha o seu cadastro atualizado de forma correta e evite a perda do seu benefício devido a erros no sistema automático do MDS. Com os dados desatualizados, você pode sofrer bloqueio ou cancelamento do pagamento dos recursos do Bolsa Família. Fique atento!

 Link para conferir a lista de famílias selecionadas para receber os recursos do Programa Bolsa Família: Confira aqui.

Compartilhe este artigo nas redes sociais. Muitas pessoas não sabem que precisam fazer o recadastramento do Bolsa Família 2019.

Rate this post
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.