Scroll Top

Sobre o Bolsa Família

Renda Per capita do Bolsa Família

Falar sobre renda per capita do Bolsa Família é uma atividade que envolve uma série de análises diferentes. O programa utiliza esse termo “renda per capita” para definir quais famílias serão beneficiadas, e qual o valor do benefício destinado a cada uma.

Por isso, é importante entender como o cálculo é realizado e, principalmente, como as famílias são enquadradas de acordo com o seu valor de remuneração. Embora o nome pareça complicado, e a ideia de calcular alguma coisa assuste muitas pessoas só de imaginar, a boa notícia é que é bem mais simples do que parece.

Confira nosso artigo que explica cada aplicação da renda per capita no Bolsa Família 2019, os limites, categorias e dicas importantes sobre o este tema.

Fique por dentro e leia também esta matéria: Bolsa Família cancelado por falta de saque

Como calcular a renda per capita do Bolsa Família?

Renda Per capita do Bolsa Família

Renda Per capita do Bolsa Família

Para calcular a renda per capita do Bolsa Família, é bastante fácil. Basta contar quantas pessoas participam da sua composição familiar, ou seja, fazem parte do núcleo familiar no qual você vive. Conte os adultos, crianças, adolescentes e idosos.

Em seguida, faça a estimativa de qual a remuneração total que todas essas pessoas geram para o lar em um mês normal. Contabilize aposentadorias, salários e remunerações adicionar e some todas.

Com a soma da remuneração e quantidade da pessoa em mãos, basta dividir:

  • Renda total / número total de pessoas = renda per capita.

Por exemplo: imagine que uma mãe e cinco filhos morem em lar. A mãe, por meio de um trabalho ocasional, ganha R$ 500 por mês. Um dos filhos ganha R$ 100 por mês com bicos que realiza regularmente. Neste caso, são R$ 600 / 6 pessoas. A renda per capita é de R$ 100,00 por mês.

Mais informações sobre a renda per capita do Bolsa Família

Mais informações sobre a renda per capita do Bolsa Família

Mais informações sobre a renda per capita do Bolsa Família

Agora que você já entende o cálculo e a importância da renda per capita no Bolsa Família, confira algumas dicas úteis:

O cálculo da renda per capita não possui limite, diferente da quantidade de beneficiários

Embora apenas 5 dependentes de até 15 anos, e 2 entre 16 e 17, sejam contabilizados para o pagamento do benefício, esse limite não existe na hora de fazer a divisão da renda per capita. Se sua composição familiar contar com oito crianças menores de 15 anos e dois adultos, os dez serão utilizados ao dividir a renda total da família!

A renda per capita máxima é atualizada junto ao benefício

Sempre que o valor do Bolsa Família é atualizado, os limites que definem a renda per capita válida para a obtenção do direito também é. Por isso, é necessário buscar o valor atualizado do benefício para fazer o cálculo!

Remunerações variáveis também contam para a renda per capita familiar

Em alguns casos, as pessoas não entendem os motivos da redução do benefício, ou da negativa após a análise. É importante considerar que, mesmo que não existe uma renda fixa sustentando o lar, remunerações ocasionais e os famosos “bicos” também fazem parte da renda per capita, e serão contabilizados para o cálculo.

Ainda em dúvida? Confira as formas de contato

É normal que, mesmo lendo este texto, ainda restem algumas dúvidas. Neste caso, deixe um comentário com sua questão aqui no site, ou entre em contato com o CRAS ou serviço de Assistência Social em sua cidade.

Se preferir ligar por ajuda, os números de telefone gratuitos de atendimento do Bolsa Família são o 0800 726 0207 e o 0800 707 2003.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.