Scroll Top

Sobre o Bolsa Família

Reversão de cancelamento do Bolsa Família – Como funciona?

Caso o Bolsa Família seja cancelado e a pessoa acredita que não deixou de cumprir os requisitos e que ocorreu algum erro no sistema, a família pode pedir uma Reversão de Cancelamento do Bolsa Família.

Todo cadastro do Bolsa Família deve ser mantido atualizado, sob risco de ser suspenso ou cancelado. Mesmo assim, muitas pessoas estão com o cadastro atualizado e sofrem o cancelamento do benefício devido a erros do sistema.

Reversão de cancelamento do Bolsa Família

Reversão de cancelamento do Bolsa Família

O prazo para pedir a reversão do cancelamento do Bolsa família é de 180 dias. Após este período, não é possível voltar a receber no cadastro antigo, sendo necessário ir até o Cras – Centro de Referência e assistência social e realizar um novo cadastro. Após a reversão do seu benefício confira a data de pagamento no calendário Bolsa Família.

Até 60 dias de cancelamento, o procedimento pode ser feito pelo Sibec. Após este período, apenas através do Ministério da Cidadania.

A prefeitura municipal é o órgão responsável por fazer o intermédio das solicitações de reversão de cancelamento do Bolsa Família, por isso, caso ocorra este caso com você, você deve procurar atendimento na prefeitura do seu município e não na Caixa Econômica Federal.

A Caixa é apenas o responsável financeiro para questões ligadas a:

  • Pagamento do Bolsa Família
  • Saldo e extrato do Bolsa Família
  • Cartão do Bolsa Família
  • Cadastro de senha do Bolsa Família

Conheça as duas etapas do processo de reversão de cancelamento do Bolsa Família

O processo é composto por duas etapas: Solicitação de reversão e revalidação do Cadastro Único. A solicitação de reversão somente poderá ser feita pelo responsável familiar, ou seja, aquele que tem o Cartão do Bolsa Família em seu nome.

A revalidação do Cadastro Único deverá ser feita junto ao Cras do seu município. Os documentos necessários estarão listados abaixo:

  • RG original
  • CPF original
  • Título de Eleitor original
  • Carteira de Trabalho original
  • Holerite recente – caso algum membro da família trabalhe com registro em carteira
  • Extrato bancário recente – caso algum membro da família receba algum tipo de pensão, aposentadoria, auxílio doença e/ou seguro desemprego.

Para menores de 18 anos, serão exigidos os seguintes documentos:

  • Certidão de Nascimento ou RG original
  • Declaração escolar recente original

O processo para reverter o cancelamento do Bolsa Família é fácil, confira no vídeo abaixo:

Diferença entre suspensão e cancelamento do Bolsa Família

O cancelamento da participação no Programa, do qual caberá o pedido de reversão, nada tem a ver com a suspensão. Em caso de suspensão do Bolsa Família, o processo para voltar a receber os valores é muito mais rápido. Veja aqui suspensão e cancelamento do Bolsa Família.

Você também pode querer saber mais sobre desbloqueio do Bolsa família.

Os principais motivos para ocorrer o cancelamento do Bolsa Família são 2: ter renda acima do limite permitido para a participação no programa e estar com os dados cadastrais desatualizados. Para saber como fazer o seu recadastramento, leia este artigo.

Que tal compartilhar este artigo no Facebook? Deixe um comentário também!

Rate this post
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.